Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Acredita em Ti e Voa!

Vai passar. Vai correr tudo bem. Puxa pela teu melhor. Cuida de ti. Olha para dentro. Entretanto o sol vai voltar! Todos os dias: uma mensagem positiva. BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt/

Acredita em Ti e Voa!

Vai passar. Vai correr tudo bem. Puxa pela teu melhor. Cuida de ti. Olha para dentro. Entretanto o sol vai voltar! Todos os dias: uma mensagem positiva. BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt/

Perdão, perdão de Natal

Formadora Voa Voa, 21.12.17

perdao.png

Todas as épocas são boas para perdoar ou pedir desculpa.

Mas, se ainda não perdoaste ou pediste desculpa: Porque não no natal?

Deixa de lado a mania que tens sempre razão e que és uma vitima de tudo e todos.

Larga a teimosia desmesurada que só atrapalha a tua vida.

Coloca-te no lugar da outra pessoa e pensa: “Será que não faria o mesmo? Será que já não fiz isso a alguém?”

Deixa cair essa teoria antiquada que és perfeito – não há pessoas perfeitas.

Abandona o medo de pedir desculpa – “desculpa” é uma palavra que faz magia e devolve a alegria e a paz que tanto desejas.

Pega no telefone e diz a verdade: “Não gostei do que disseste ou fizeste, mas gosto tanto de ti. Vamos começar do zero ok? Fazes-me tanta falta!”

Sim, não gostas daquela pessoa, mas se alguém próximo de ti gosta: Porque não propor umas tréguas? Vá lá, pensa que farás feliz quem tens ao teu lado e quem sabe se não fazes as pazes para sempre?

Queres ser feliz ou queres ter sempre razão? Queres arrumar o passado ou viver sempre com essa dor? Queres ter paz em família ou queres viver em permanente guerra?

Sê feliz, sê humilde, sê corajoso e sê maduro: pede desculpa e/ou perdoa!

Relembro uma linda história cuja moral é a seguinte: “O mal que nos fazem deve ser escrito na areia da praia, assim o mar ou o vento irão apagar. O bem que nos fazem deve ser escrito numa pedra, assim nunca iremos esquecer e iremos sempre ser gratos!”

Feliz Natal – perdoa com o coração e pede desculpa pela tua paz interior. Acredita que vai valer a pena!

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt

Um dia eu faço isso... um dia...

Formadora Voa Voa, 20.12.17

pass1.png

Será que tens o hábito de adiar sonhos, suspender decisões, esquecer vontades, adiar e voltar a adiar o que te faz feliz?

Não adies, não suspendas, não te esqueças mais.

Não somos donos da vida e não sabemos até quando estamos por cá.

Agarra nos teus sonhos e vive-os o quanto antes. Não hesites, não esperes!

Aquela toalha e aquele faqueiro que estão guardados só para receber visitas, usa-os hoje; aquele pijama elegante oferecido no natal, usa-o hoje; aquele passeio que sonhas fazer daqui a alguns anos, faz o quanto antes – Não esperes, não adies e não inventes desculpas.

Vive o presente, vive os teus sonhos e deixa de prever um futuro incerto.

O hoje, aqui e agora é que é importante, o resto leva o vento!

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt

Vou ali ser feliz e já volto...

Formadora Voa Voa, 19.12.17

felizz.png

Deixa a indecisão de lado. Fecha todas as portas que queres fechar. Abre a janela que tanto desejas. Aprende com os erros cometidos. Esvazia a mala do acessório, pesado e inútil.

Rasga os medos como pedaços de papel. Reformula os teus pensamentos. Desativa a tristeza e tudo o que te traz infelicidade. Deixa ir o que tem de ir e aceita aquilo que chega com o coração aberto. Carrega no botão “nova vida” e vai…

Recomeça com toda a força e energia positiva. Recomeça com uma postura serena e confiante. Recomeça com fé e com esperança. Recomeça ao teu ritmo e ao teu jeito. Permite-te ser feliz mais uma vez e mais uma vez – mereces! Recomeça com esse sorriso rasgado e feliz que é teu e só teu!

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt

* Semana

Formadora Voa Voa, 18.12.17

semana.png

Esta semana só quero repetir várias vezes o mesmo mantra: "Vou aproveitar cada segundo para sorrir mais, vou deixar a minha essência falar mais alto, vou sussurrar para mim "és capaz", vou caminhar sem pressa e com fé na vida, vou olhar mais a paisagem e respirar fundo, vou apreciar mais e reclamar menos e, aconteça o que acontecer, vou agradecer mais um dia de vida junto das pessoas que me dão força, energia e calor humano".

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt

Aos verdadeiros amigos...

Formadora Voa Voa, 17.12.17

Os amigos são autênticos presentes da vida.

Após uma queda, são o nosso maior amparo.

Num momento de solidão, fazem-nos companhia.

Num momento de perda, relembram-nos como somos fortes e incentivam-nos a continuar em frente (um passo de cada vez).

Quando nos sentimos perdidos, são uma bússola amiga.

Quando estamos feridos, são os nossos enfermeiros de serviço.

Quando não temos vontade de nada, sussurram: “És capaz, estou contigo, força”.

Quando a nossa autoestima está em baixo, arrancam de nós o nosso melhor, distribuem confiança e acendem a luz da motivação (dentro de nós).

Quando estamos esquecidos, relembram o essencial.

Quando precisamos de alguém, eles dizem “estou presente", em seguida, estendem a mão e dão um passo em frente na nossa direção.

Os amigos são laços invisíveis que desatam os nossos nós da nossa vida. Muitas vezes, os amigos transformam os nossos nós em bonitos laços.

São, sem dúvida, o fio que nos liga à vida, à esperança e à fé que o melhor vai chegar no tempo certo.

Os amigos são os irmãos oferecidos pela vida: não temos o mesmo sangue, mas (às vezes) a ligação é tão ou mais forte.

Os amigos agarram-nos à vida, dão-nos vida e são um tesouro na nossa vida que tem um valor inestimável.

Juntos somos mais fortes. Unidos venceremos Os amigos sabem disso e isso faz toda a diferença.

Que as amizades genuínas perdurem e que sejam renovadas diariamente!

BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt/

seramigo.png

Teimo em ser feliz!

Formadora Voa Voa, 16.12.17

Apesar dos altos e baixos, teimo em ser feliz. Procuro em algo negativo qualquer coisa de bom ou bonito. Vejo na escuridão uma oportunidade para ver melhor as estrelas. Num incidente procuro analisar qual foi a lição e a consequente aprendizagem. Quando o cansaço bate à porta, procuro algo que me dê forças e me inspire à ação. Sempre que tropeço, não me irrito com a queda – verifico o lugar e procuro pensar porque caí ali: Será que há alguma oportunidade à vista? Na tempestade da mudança, danço com a chuva e penso que vem por aí algo muito bom. Quando alguém me vem falar sobre a vida dos outros, limito-me a explicar que só a minha me interessa realmente – não quero dar asas às fofocas que nada me acrescentam de bom. Perder tempo com a vida alheia? Não é boa ideia! Tenho outras coisas mais interessantes para falar e pensar… Sempre que me procuram para se vitimizar, procuro explicar que todos somos culpados e vítimas em qualquer situação – vale mais aceitar a meia-culpa e continuar em frente. Lamentações não nos transportam para a felicidade e só nos atrasam na caminhada pela vida. Se me dizem que a sorte só calhou a alguns, faço questão de afirmar que a sorte dá muito trabalho e exige muitos sacrifícios. Se olho ao espelho e algo me irrita (uma borbulha, uma ruga, o estado do cabelo, etc.) procuro interpretar como marcas da vida que são fruto do próprio tempo. É bom: sinal que estou por cá! Não vale a pena reclamar porque não vou resolver nada assim – é melhor aceitar e passar à frente. A minha beleza não se vê no espelho! Quando me tentam convencer que não vou conseguir e que entretanto vou falhar, eu respeito a opinião, mas não acato conselhos com os quais não concordo. Eu provo a mim mesmo que vou conseguir com muita confiança, trabalho e fé num amanhã melhor! Sempre que me dizem que tem uma vida cor-de-rosa, eu digo sempre: “Compreendo como deve ser chato, eu prefiro uma vida com todas as cores – gosto de apreciar um pouco de tudo e o rosa não é a minha cor preferida!” Sempre que alguém sai da minha vida, eu não corro atrás: se saiu é por algum motivo e, se tiver de voltar, vai voltar! Não gosto de contrariar a vida. E, quem faz falta está sempre na minha vida. Em algo menos bom, eu procuro sempre algo bom, sabes porquê? Chama-se “teimosia em ser feliz!” Foge do que não interessa e aproxima-te do que te faz feliz! Não percas tempo com o que não te interessa, apoia quem podes, aconselha sempre para o bem e explica a importância do amor e da compreensão para a felicidade. Não desistas de ser feliz, acredita em ti e confia – tudo vai chegar no tempo certo, mas enquanto não chega, age e assim ajudarás a acelerar o que tanto desejas! Eu teimo em ser feliz e tu?

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt

vai dar certo.png

Pessoas “diferentes” que se cruzam contigo…

Formadora Voa Voa, 15.12.17

humano.png

Às vezes penso: porquê que conheci esta pessoa? Esta pessoa fala com tanta raiva de alguém. Esta pessoa lembra o passado com uma mágoa profunda. Esta pessoa fala de um amigo com ódio. Esta pessoa inventa mentiras para se fingir de vítima. Esta pessoa deseja mal a toda a gente. Esta pessoa definha com tantas emoções negativas dentro dela. Esta pessoa só vê defeitos em tudo e todos. Esta pessoa amaldiçoa sem pensar duas vezes. E penso: porquê conheci alguém assim?

Simples: estas pessoas têm uma história que eu desconheço na totalidade, tem feridas abertas que não cicatrizam, não entendem o sentido da vida, estão perdidas e sem apoio, sentem-se injustiçadas pela vida e podia acrescentar mais umas quantas justificações. Chego à conclusão que passam na minha vida para duas coisas: primeiro para que as compreenda, use a empatia e procure ajudar (seja com uma abraço, uma palavra de conforto ou um ouvido atento) e, em segundo lugar, passam pela minha vida para me ensinar novas lições – porque através da vida dos outros aprendemos muita coisa. Sempre que encontrares alguém perdido, ajuda porque essa pessoa tem algo para te ensinar e tu tens algo para partilhar com ela mesmo que não saibas o quê. Se a pessoa não quiser ajuda, então deixa-a a continuar o seu caminho – no tempo certo ela irá encontrar ajuda ou poderá mesmo vir ter contigo. Não obrigues ninguém a mudar, não convenças ninguém com as tuas verdades – tudo tem um momento certo!

Ultrapassa as tuas limitações!

Formadora Voa Voa, 14.12.17

Quantas vezes bloqueias a tua própria felicidade? É o medo de falhar e o receio da opinião dos outros. É o relembrar de uma situação frustrante e o medo de voltar a sentir o mesmo. Coloca os teus medos de lado e as opiniões alheias. Deixa de inventar desculpas: “não mereço”; “não consigo” e “vai correr mal”. Larga o filme da “vitima que nunca passa de uma mera vitima ao longo da vida e que todos olham com pena”. Deixa de te autodestruires diariamente com pensamentos negativos e sentimentos de culpa. Abandona a indecisão: tu sabes o que queres – não esperes mais! Ultrapassa tudo isto, tu és capaz e tens vontade! Acredita em ti: liberta-te do passado, abandona as tuas frustrações, elimina esse medo de… e ultrapassa as tuas limitações. És tu que crias ou inventas essas limitações: estás a ser o teu pior inimigo. Sê teu amigo, acredita que podes mudar o teu rumo e vence essa batalha interior. Tu consegues, tu és capaz e vais fazer – coragem!

No dia em que perceberes que tudo depende de ti a tua vida mudará para sempre e para melhor.

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt

vale a pena.png

Escrevi ao Pai Natal!

Formadora Voa Voa, 13.12.17

presente.png

Escrevi ao Pai Natal!

Tal como todos os anos: pedi o que me faz realmente falta!

Pedi os melhores presentes do mundo. Sim, fui muito exigente, mas o pai natal é generoso!

Pedi que me continue a presentear com o amor dos que amo.

Pedi para ter sempre comigo as pessoas que me guiam na vida: a família e os amigos.

Pedi saúde para todos: um bem tão essencial!

Pedi que traga mais alguns presentes extra, mas já lhe expliquei que só vou abrir ao longo do ano.

Saúde, família e amigos bastam para me encher o coração neste natal - os outros presentes ficam para o decorrer do ano 2018.

Quando me faltar a coragem, abro o presente que diz "força, já passaste por tanto - não desistas".

Quando me sentir só, abro o presente que diz: "Tens quem te ame e muito - sorri!"

Quando resmungar demais, abro o presente que diz: "Olha ao teu redor e agradece - tens tanto para agradecer".

Quando me sentir perdida, abro o presente que diz: "Escuta o teu coração - ele sabe sempre tudo".

Quando quiser dizer algo e me faltarem as palavras, abro o presente que diz: "Amor, gratidão, alegria, força - palavras positivas aumentam a felicidade".

Quando sentir que a vida está ser a cruel comigo, abro o presente que diz: "Tudo acontece por bem - acredita em ti e confia na vida".

Quando a saudade escorrer pelo meu rosto em lágrimas, abro o presente que diz: "Quem partiu também te ama e vive dentro de ti - fica em paz".

Que ao desembrulhar cada presente ao longo do ano encontre o que preciso para alimentar o meu coração: paz, amor, saúde, empatia, recordações positivas, amizade, coragem, resiliência, gratidão e já agora em doses simpáticas.

Que o pai natal presenteie a todos com o mais importante da vida!

BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt/

És capaz!

Formadora Voa Voa, 12.12.17

conitnua.png

Ás vezes o caminho está difícil demais, só encontras pedras pelo caminho, só visualizas mais pedras, nada parece fazer sentido, o corpo manifesta um cansaço gigante, o coração está mais que apertado, a chama da esperança está fraca, a vontade de continuar existe, mas a força para continuares parece nula.

Quando o caminho está nestas condições é um sinal que: primeiro a vida está a testar-te (a tua força, a tua resiliência, a tua coragem e a tua fé) e em segundo lugar, a vida vai-te surpreender e vais chegar onde nunca imaginaste chegar um dia.

Nunca desistas porque o caminho está cheio de obstáculos, nem porque estás sem energia e muito menos porque já não acreditas em dias melhores.

Seca as lágrimas, orgulha-te de seres quem és, analisa tudo o que tens de bom à tua volta, agarra-te às pessoas que são o teu "trevo da sorte", confia na vida e enche-te de fé... Acredita que, depois de superares as dificuldades, a vida vai-te compensar com algo bom, algo muito bom!

Tu és capaz de vencer esta fase e, podes ainda não ter reparado, mas há uma força incrível dentro de ti: dá-lhe espaço, dá-lhe asas e acredita!

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt