Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Acredita em Ti e Voa!

Vai passar. Vai correr tudo bem. Puxa pela teu melhor. Cuida de ti. Olha para dentro. Entretanto o sol vai voltar! Todos os dias: uma mensagem positiva. BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt/

Acredita em Ti e Voa!

Vai passar. Vai correr tudo bem. Puxa pela teu melhor. Cuida de ti. Olha para dentro. Entretanto o sol vai voltar! Todos os dias: uma mensagem positiva. BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt/

Tempestade

Formadora Voa Voa, 05.05.18

passaaaaaa.png

Há dias em que a tempestade se instala nas nossas vidas. Há alturas em que a trovoada é intensa demais. Há momentos em que um furacão varre a nossa vida. Há dias em que a chuva é forte demais.

Nestes dias temos uma vontade imensa de ficar trancados na nossa concha, temos a ideia que tudo vai piorar, parece que nada vale a pena e sentimos que nada faz sentido.

Desejamos que esta fase termine e o tempo parece que não passa.

Mas tudo passa. É nestas alturas que passamos a conhecer o nosso lado de dentro, é nestas fases que compreendemos o que importa e não importa, é nestes momentos em que percebemos quem são as pessoas que gostam de nós e é nestas alturas em que ganhamos uma nova força para viver.

Ás vezes precisamos de passar pela tempestade para aprendermos a puxar pelo nosso sol, precisamos de passar pela inundação para lavarmos o nosso interior e precisamos de sentir a chuva para percebermos que o chapéu de chuva está connosco (e cabe-nos a nós abrir e fazer um bom uso dele).

Quando a tempestade vier, vamos abrigar-nos nas pessoas que nos amam, vamos abrir o chapéu da resiliência, vamos vestir a gabardina da fé, vamos calçar as galochas da esperança e vamos colocar o gorro do otimismo. Na verdade, as plantas não crescem sem chuva e, nós também precisamos das tempestades da vida para crescer, amadurecer e para tornarmo-nos melhores seres humanos.

BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt

Um dia de cada vez...

Formadora Voa Voa, 28.08.17

Há alturas em que caminhas sem ver nada à tua frente, mas insiste (sem desistir) em continuar porque mais à frente vais ver algo bonito e bom para ti.

Pelo caminho, faz um favor a ti mesmo: abandona os pesos pesados que carregas na tua mala da vida (o passado e o futuro) e deixar apenas a leveza do presente.

Não te esqueças que é preciso fazer silêncio para ouvir o que a bússola (o teu coração) quer dizer, escuta bem e segue esse conselho.

Se a viagem for mais longa do que desejas, pode não ser fácil aceitar, mas é preciso entenderes que as paragens da vida são para ganhar um novo fôlego, são para reforçar o meu interior, são para enriquecer do lado de dentro e são boas para mim. É nestas paragens que consegues reformular o teu mapa e é aqui que percebes que rumo queres seguir realmente.

Não vale a pena olhar para o relógio, não vale a pena desesperar, não entres por atalhos, nem uses o mapa de alguém que se cruze no teu caminho, também não vale a pena pedir que o tempo passe - tudo tem o seu tempo certo e, enquanto ele não chega, aproveita para desfrutar da vida, preocupa-te em ser feliz, colecciona mais memórias doces e nunca deixes de somar razões para acreditar que tudo vai dar certo, muito certo!

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt

fe.png