Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Acredita em Ti e Voa!

Vai passar. Vai correr tudo bem. Puxa pela teu melhor. Cuida de ti. Olha para dentro. Entretanto o sol vai voltar! Todos os dias: uma mensagem positiva. BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt/

Acredita em Ti e Voa!

Vai passar. Vai correr tudo bem. Puxa pela teu melhor. Cuida de ti. Olha para dentro. Entretanto o sol vai voltar! Todos os dias: uma mensagem positiva. BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt/

#silenciaravoz

Formadora Voa Voa, 30.06.20

Silencia essa voz que não te permite realizar os teus sonhos.

Explica-lhe que queres arriscar aconteça o que acontecer.

Mostra-lhe como és corajoso.

Age com a máxima determinação.

Ela, na verdade, só quer proteger-te, por isso, acalma-a e explica-lhe que tudo vai dar certo porque tu queres, tu mereces e vais fazer acontecer.

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt - Inscrição gratuita

Subscreve o meu canal no YouTube. E se gostares coloca o teu gosto ou partilha com alguém. https://www.youtube.com/channel/UCYOUlLn2Jkn2ReUWMIScT7w

Instagram: https://www.instagram.com/miliza.acreditaemtievoa/

Facebook: https://www.facebook.com/acreditaemtievoa/

12.png

 

#arrisca-teaserfeliz

Formadora Voa Voa, 29.02.20

Quem arrisca... tropeça, caí, aprende, levanta-se e vai novamente à luta com mais sabedoria e mais garra.

Quem não faz nada... fica no mesmo lugar toda a vida.

E qual é a tua opção?

Vais ficar no mesmo lugar

ou

vais começar a arriscar e a lutar pelo que queres?

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt - Inscrição gratuita

Instagram: https://www.instagram.com/miliza.acreditaemtievoa/ 

Facebook: https://www.facebook.com/acreditaemtievoa/

mexete.png

 

 

 

Arriscar!?

Formadora Voa Voa, 03.06.17

Não é fácil arriscarmos...

Só de pensarmos na palavra, ficamos com o coração apertado e as pernas a tremer.

A vontade cresce desmesuradamente, mas o medo espreita e a insegurança ganha terreno dentro de nós.

Queremos e não queremos, temos e não temos coragem e as dúvidas tornam-se gigantescas.

Por vezes, vivemos anos com a angústia dentro de nós e com uma vontade imensa de mudar tudo o que já não nos diz simplesmente nada.

Porém, começamos a pesar tudo na balança da vida e os medos acabam por vencer a vontade.

É o medo de falhar, o medo de um arrependimento posterior, o medo de dizer que queremos mudar de rumo, o medo de desiludir as pessoas que amamos, é o medo da critica destrutiva, é o medo do "eu sabia que...", é o medo da humilhação, é o medo do engano, é o medo de tomar a decisão errada e aos medos somamos todas as nossas inseguranças.

Só quando a insatisfação e a tristeza contaminam totalmente a nossa vida é que sentimos que é um tudo ou nada: ou arriscamos agora ou nunca mais. Queremos continuar infelizes ou arriscamos e mudamos tudo?

E é aqui que voltamos a analisar tudo e percebemos que arriscar é ir em busca da nossa felicidade.

Uma busca que desejamos ardentemente com o coração todo e que precisamos para voltar a respirar fundo, para renascer e voltar a sentir que tudo faz sentido.

E, quando começamos a sentir uma vontade tremenda de mudar e uma certeza plena que é esse o caminho, então está na hora certa.

Damos um passo em frente, desprendemo-nos de tudo o que nos pesa, agarramos as rédeas da nossa vida, enchemos o peito de esperança e há algo que grita cá dentro de nós "força, vai por onde sentes e vai com tudo".

O sentimento de liberdade é inexplicável, a alegria é contagiante, a pressão desaparece, os medos são enterrados e a felicidade (dia após dia) renasce das cinzas.

Vale a pena arriscar, vale a pena mudar de rumo, vale a pena correr atrás da felicidade e vale a pena porque sabemos que merecemos mais e melhor!

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt

arrisca.png

Adeus!

Formadora Voa Voa, 30.03.17

É preciso dizer adeus a quem não acredita em ti.

Larga quem te empurra para trás para conseguires caminhar em frente. Diz adeus!

Risca da lista de amigos aqueles que te desanimam, que te dizem que não serás capaz e que nunca vais realizar os teus sonhos. Diz adeus, adeus sem medo!

Não penses duas vezes: diz adeus a quem te humilha, desvaloriza ou julga precipitadamente.

Ninguém te obriga a ficar onde és infeliz, despede-te desse lugar o quanto antes: Adeus e ponto final!

A quem te grita: "Não tentes, vais falhar" diz logo adeus sem remorsos.

Aos que te dizem que é difícil demais para ti diz o mesmo "Adeus".

Desiste de quem não está do teu lado, não tenhas pena, nem sintas qualquer culpa, diz mesmo: Adeus!

A pessoas negativas, amargas, frustradas, invejosas e sem vontade de mudar grita Adeus. Irás sentir imediatamente uma leveza ímpar, porque estas pessoas carregam consigo a escuridão e só querem uma coisa: escurecer a vida dos outros.

Se acreditas, vai em frente com força, com fé e com a esperança que tudo vai dar certo. Vai, sozinha ou acompanhada, mas vai porque ninguém pára uma pessoa que sabe que é em frente que tudo resulta.

Vai com medo, com as pernas a tremer, com a boca seca, com o peito apertado e com a ansiedade própria do incerto. Sabes porquê que deves de ir? Porque no fundo sabes que é esse o teu caminho e é por ali que chegas onde tanto sonhaste.

Sê feliz no rumo certo e com as pessoas certas!

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt

eu confiooo.png

Tudo tem um sentido!?

Formadora Voa Voa, 02.02.17

“Eu não merecia isto”. “Fez-me tão mal, mas porquê?”

Há alturas na vida em que lamentas vezes sem conta.

É a dor da injustiça que não passa.

A raiva que consome por dentro.

O golpe inesperado: a desilusão com alguém!

O ódio que cresce desmesuradamente e a vontade de uma vingança.

Não faças mais isto!

Não te lamentes, não dês espaço às más energias e esquece essas vinganças e ódios de estimação.

Deixa para trás tudo aquilo que já não interessa.

Desapega-te do passado e apega-te ao presente!

Perdoa-te, perdoa o outro, arruma as gavetas da vida, guarda o melhor e avança para uma nova aventura.

Nada é em vão e tudo acontece por algum motivo.

Aceita, arrisca e supera-te: prepara-te para descobrir um novo mundo.

Vai: com um sorriso no rosto e com fé que tudo irá sorrir para ti!

BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt/

sentido.png

Feliz é quem luta pela sua própria felicidade!

Formadora Voa Voa, 13.01.17

És feliz quando não desistes de ti nem dos teus sonhos.

És feliz quando remendas o teu coração e tens a coragem de voltar a amar.

És feliz quando não levas tudo a peito.

És feliz quando entendes que o que perdeste vai dar lugar a algo melhor e mais bonito.

És feliz quando carregas amor e espalhas seja por onde for.

És feliz quando percebes que a vida é feita de lutas e, olhando para trás, concluís que tens sido um lutador incansável.

És feliz quando decides que podes tropeçar e cair, mas de seguida só há uma hipótese: vais erguer-te com mais valentia.

És feliz quando descomplicas o que é complicado.

És feliz quando agradeces o pouco que tens e não te focas no que não tens.

És feliz quando gostas de ti como és.

És feliz quando arriscas porque tens vontade de mudar de rumo.

És feliz quando caminhas em frente com ou sem medo.

És feliz quando decides que serás feliz para sempre, venha o que vier e quem vier pela frente!

BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt/

certo.png

A liberdade tem um valor incalculável

Formadora Voa Voa, 01.12.16

Conheces esta história?

Um agricultor encontrou um ovo de águia perdido no caminho para sua casa. Levou-o para casa e colocou junto de outros ovos que estavam a ser chocados por uma galinha.

Logo que a águia e os pintainhos nasceram, o agricultor começou a tratar das aves sem qualquer distinção. Sempre que a pequena águia tentava levantar voo, era reprimida pelo agricultor.

Enquanto crescia, a águia aprendeu a pensar e a comportar-se como uma galinha. Passou o tempo. A águia cresceu e habituou-se à vida limitada das galinhas.

Um dia, olhou para o céu e viu uma águia a voar livremente. Ficou admirada, entusiasmada e questionou: “Que pássaro é aquele?” Uma galinha respondeu: “Uma águia, a rainha das aves”.

Perguntou novamente à galinha: “E nós podemos voar assim como a águia?”

A galinha respondeu: “Não, nem penses nisso. Nós somos galinhas e pertencemos à terra!”

A águia ficou triste, continuou a olhar para o céu e a admirar as águias, mas nunca acreditou que podia voar em liberdade. Viveu e morreu a pensar que era uma galinha.

E tu vais deixar de voar? Vais ficar acorrentado às ideias dos outros? Vais deixar de ser feliz só para cumprir os desejos e as expetativas de alguém?

Não faças isso!

Podes respeitar a vontade e os desejos de quem te ama, mas deves seguir a tua própria vontade.

Podes aceitar os conselhos dos outros, mas segue sempre o teu coração.

Acima de tudo, pensa em ti e sê feliz!

Quem sabe se a tua felicidade não está a um passo de ti – arrisca por ti e só por ti!

Mereces voar e mereces ser tu próprio!

escuta.png

O famoso fantasma do “Não consigo”

Formadora Voa Voa, 11.10.16

O “Não consigo” assombra a nossa vida! Ele entra devagarinho, senta-se confortavelmente e comanda a nossa vida, sem pedir licença. E quando menos se espera, o “não consigo” surge repentinamente e produz grandes estragos. Cola-se a nós, suga-nos a energia, destrói a nossa vontade e impede-nos de tanta coisa maravilhosa. Deixamos de tentar, deixamos de arriscar e passamos a ser dominados pelo medo, pela ansiedade e pelo receio de falhar. Perante uma situação (seja ela difícil, desafiante ou comum), perdemos as forças e deixamos o “Não consigo” dirigir a nossa vida. Começamos a dizer sucessivamente: “Não, eu não consigo fazer isso/ Eu não consigo fazer aquilo” e, na verdade, acabamos por não arriscar, porque julgamos que não conseguimos. E que tal fazer um exercício que aplico na formação? É um desafio simbólico que exprime uma mensagem relevante para a nossa vida! Desafio: Escreve num papel tudo o que não consegues (ou pensas que não consegues). Em seguida, pega nesse papel e enterra. Podes até fazer-lhe um funeral. E, a partir de hoje, deixa o “Não consigo” descansar em paz e aprende a viver com os irmãos do “Não consigo”: “Eu posso”; “Eu consigo”; “Eu vou fazer”… Talvez sejam menos conhecidos, mas vão dar um novo brilho à tua vida. Se não arriscares, já sabes qual é o resultado final. E se arriscares - qual será o resultado? Não sabes, nesse caso, arrisca. Podes, consegues e vais fazer agora! Força!

eu consigo.png