Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Acredita em Ti e Voa!

Vai passar. Vai correr tudo bem. Puxa pela teu melhor. Cuida de ti. Olha para dentro. Entretanto o sol vai voltar! Todos os dias: uma mensagem positiva. BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt/

Acredita em Ti e Voa!

Vai passar. Vai correr tudo bem. Puxa pela teu melhor. Cuida de ti. Olha para dentro. Entretanto o sol vai voltar! Todos os dias: uma mensagem positiva. BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt/

#semjulgamentos

Formadora Voa Voa, 03.09.20

Faças ou não faças algo vais sempre encontrar alguém que queira apontar te o dedo. O que essa pessoa ainda não sabe é que a vida é uma autêntica dança das cadeiras. Entretanto a vida senta essa pessoa lá e ela passará a entender o que tanto critica nos outros.

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt - Inscrição gratuita

Subscreve o meu canal no YouTube. E se gostares coloca o teu gosto ou partilha com alguém. https://www.youtube.com/channel/UCYOUlLn2Jkn2ReUWMIScT7w

Instagram: https://www.instagram.com/miliza.acreditaemtievoa/

Facebook: https://www.facebook.com/acreditaemtievoa/

favor.png

 

#abraçosporfavor

Formadora Voa Voa, 01.12.19

Quando vamos a um restaurante, não estamos a reparar no que as pessoas das mesas vizinhas estão a comer, isto porque nós escolhemos a nossa própria refeição e não temos qualquer interesse em estar a observar as refeições dos outros. Também não estamos preocupados se a refeição dos outros é saudável ou não, isto porque cada um sabe de si e nós não temos nada a ver com isso. Também não perdemos tempo a tentar pensar quanto eles irão pagar no final, porque só vamos pagar a nossa conta no restaurante, verdade certo?

Então se quando vamos a um restaurante não olhamos para o lado, não questionamos o que os outros comem e não pensamos o quanto eles vão pagar no final da refeição, porquê que fazemos isto em relação à vida dos outros?

Porquê que estamos tão preocupados com o que outros fazem, dizem ou pensam?

A vida é perita em cálculos certeiros e a lei no retorno e da verdade não falham para cada um de nós.

Sendo assim, deixemos de questionar o caminho dos outros, de dizer o que eles devem ou não devem, podem ou não podem, deixemos de apontar o dedo e de fazer julgamentos precipitados.

Cada um pagará as suas próprias contas, cada um sentirá na pele se o que fez foi certo ou errado e cada um irá aprender com as suas escolhas.

O mundo não precisa de críticos (já existem muitos), o mundo precisa de gente que respeita e abraça!

BLOG: acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt - Inscrição gratuita

Instagram: https://www.instagram.com/miliza.acreditaemtievoa/

Facebook: https://www.facebook.com/acreditaemtievoa/

abraços.png

 

A Crítica que nada acrescenta!

Formadora Voa Voa, 21.01.17

Conheces esta história? Um mestre conversava com um dos seus discípulos sobre a arte de viver com os outros. Quando o discípulo começou a criticar os defeitos de um colega, o mestre disse-lhe: Tens de ser tolerante, todos têm qualidades e defeitos.

O discípulo afirmou: "Mestre, este colega só tem defeitos!" O mestre respondeu: "Muitas vezes, nós vivemos uns com os outros como se caminhássemos em fila indiana, carregando duas mochilas, uma junto ao peito e a outra às costas. Na mochila da frente, levamos as nossas qualidades. Na mochila de trás, transportamos os nossos defeitos."

O discípulo disse que não entendeu e o mestre explicou: "Na caminhada em fila indiana temos a tendência a olhar para as nossas qualidades e a observar os defeitos da pessoa que caminha à nossa frente. Nós não vemos os outros exatamente como eles são nem os outros nos veem como nós somos. Se quiseres viver em paz não deves julgar apressadamente ninguém".

E tu também julgas de modo apressado?

É tão fácil julgar, é tão fácil criticar e apontar o dedo a alguém.

As pessoas são mais complexas do que parecem ser. Cada pessoa tem a sua história, o seu caminho, as suas dores, as suas dificuldades, as suas quedas e as suas alegrias.

Quando julgamos alguém é sinal que não estamos bem. É preciso apontar o dedo para sentir algum conforto? É preciso criticar alguém só porque nos apetece?

A tua critica, as tuas palavras e o teu julgamento precipitado dizem muito sobre ti.

Caminha com os pés dessa pessoa, sente as mesmas dores, as mesmas frustrações e as mesmas dificuldades. Talvez possas ser mais justo quando voltares a criticar alguém!

Sê compreensivo, sê o colo de alguém e sê amigo.

Não te limites a ser um critico amargo que se limita a julgar sem conhecimento.

Não há pessoas perfeitas: todos temos defeitos e virtudes!

Se for para criticar alguém, que essa critica seja construtiva e não destrutiva - não precisamos disso!

BLOG: http://acredita-em-ti-e-voa.blogs.sapo.pt/

amare.png